GE logo

Perfil de Sustentabilidade 
América Latina

Escassez e qualidade 
da água

O acesso à água potável é fundamental para a saúde das pessoas, importante para a economia e vital para a estabilidade social e política na América Latina. Água é uma prioridade para a GE: desenvolvemos tecnologias para solucionar os desafios mais complexos de disponibilidade, qualidade e produtividade; incentivamos a reciclagem e o reúso; investimos globalmente em pesquisa e parcerias para construirmos soluções inovadoras e gerenciamos nossas metas e indicadores internos de acordo com os compromissos da plataforma Ecomagination. Participamos, assim, da construção de um macroambiente próspero para o desenvolvimento e a competitividade da região.

Relação entre os pilares estratégicos de sustentabilidade da GE e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

ÁGUA LIMPA E SANEAMENTO
Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos.

POR QUE
É IMPORTANTE?

Escassez global
de recursos hídricos

Até 2050, teremos mais de 1 bilhão de pessoas vivendo em cidades sem água suficiente para abastecer a população.
Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)
75% da superfície terrestre é coberta por água. Contudo, 97,5% dessa água é salgada e, portanto, não potável. Os 2,5% restantes são de água doce. Contando com a água retida em geleiras, gelo permanente, fontes subterrâneas e umidade do solo, resta um percentual mínimo disponível para uso humano.
Fonte: 2012, KPMG, Potable water: Water-stressed countries’ struggle for economic development

Mais de 1,1 bilhão de pessoas, em 31 países, já não têm acesso à água potável.

Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)

Apenas 0,007% da água no mundo é consumível.

Fonte: 2012, KPMG, Potable water: Water-stressed countries’ struggle for economic development

Necessidade de preservar as reservas da região, que possui a maior quantidade de água doce disponível do mundo.

Reservas mundiais de água doce

Fonte: Global Water Partnership

Disponibilidade de água por pessoa (mil m³/ano)

Fonte: Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura

Baixo investimento em infraestrutura

Os serviços de abastecimento e saneamento cobrem apenas parte das cidades e nem sempre de forma eficiente

36 milhões de pessoas não têm acesso a água potável tratada

110 milhões de pessoas não têm acesso a saneamento básico

45% da água é perdida antes de chegar ao consumidor

Fonte: Banco Mundial

QUAL
O NOSSO
PAPEL?

1. Fornecer soluções de tratamento de água visando melhorar a eficiência hídrica e operacional da indústria

Fornecer tecnologias de tratamento de água de ponta para as indústrias de uso intensivo de água, projetadas para se adequar a suas necessidades operacionais, contribuindo para otimizar o desempenho e a vida útil dos equipamentos, reduzir o consumo de água e a geração de resíduos, melhorando a segurança e a produtividade das operações de nossos clientes.

Fortalecimento de soluções abrangentes

Utilizando nossa inovação, experiência e recursos globais para resolver os desafios do amanhã de nossos clientes em água, águas residuárias e nos processos

Nossa expertise em soluções de equipamentos

Tratamento, Reúso e Terceirização das Operações de Águas

Nosso expertise em Soluções Químicas

Proteção de Ativos, Aumento de Produtividade, conformidade Ambiental

Nosso conjunto de tecnologias e soluções incluem:

  • Tecnologias em Dessalinização
  • Soluções em Saneamento
  • Efluentes Industriais
  • Químicos de Processo
  • Soluções em Utilidades
  • Descarte Zero de Líquido
  • Soluções de Monitoramento e Controle
  • Saneamento
  • Combustíveis não convencionais
  • Energia
  • Óleo & Gás
  • Alimentos & Bebidas
  • Farmacêutico
  • UF/ MBR/ MABR
  • Digestão Anaeróbica Avançada
  • Soluções Móveis em Água
  • Build Own Operate (BOO)
  • Membranas/ Sistemas de filtração
  • Osmose Reversa/ Eletrodiálise
  • Descarte Zero/ Solução Térmica
  • Remoção Biológica de Metais
  • Instrumentação Analítica
  • Refino & Petroquímica
  • Energia
  • Alimentos & Bebidas
  • Óleo & Gás
  • Institucional
  • Mineração & Metais
  • Soluções Integradas em Refino
  • Soluções em Resfriamento
  • Tratamento de Efluentes
  • Tratamento de Água de Caldeira
  • Aditivos Petroquímicos
  • Químicos para Membranas
  • Controle de Poeira
  • Processos Alimentícios
  • Monitoramento Remoto
  • Químicos para Campos de Petróleo

2. Promover o reúso de água

Tratar os efluentes domésticos e industriais para que a água seja utilizada novamente em procedimentos como limpeza de praças e vias públicas, reposição em sistemas de resfriamento da indústria e outros processos industriais.

Como atuamos

Usando água de reúso para a geração de energia

Uma parceria entre a divisão Water da GE e o grupo Techint tem por objetivo tornar a produção de aço e alumínio mais eficiente e sustentável a partir da utilização de água de reúso para a geração de energia. Para isso, sistemas de tratamento e recondicionamento de água foram instalados em uma nova usina termoelétrica a ciclo combinado, no município de Pesqueria, no Estado de Nueva Leon, no México.

A usina foi equipada com um sistema de ultrafiltração da GE, para realizar o tratamento terciário das águas residuárias do município. Depois dessas águas serem tratadas pelas tecnologias da GE de osmose reversa e eletrodiálise, elas serão reaproveitadas em parte para alimentar as torres de resfriamento assim como as caldeiras de alta pressão da usina. Neste ponto, o calor gerado pelas turbinas a gás da GE será utilizado para acionar as turbinas a vapor, também da GE. A usina termelétrica a ciclo combinado tem a capacidade de geração de 900 MW e fornecerá energia para as plantas do grupo Techint no México.

Os processos de geração de energia térmica também geram efluente líquidos, os quais passarão por sistemas de osmose reversa de alta eficiência, eletrodiálise reversa, evaporação e condensação, todos da GE, para proporcionar um processo produtivo de alta eficiência e descarte zero de água. A etapa de evaporação de efluentes gera ainda alguns tipos de sais como resíduos, que serão cristalizados e descartados como resíduos sólidos. No total, mais de 1.200.000 litros de água por hora serão tratados pelos equipamentos da GE, evitando que a mesma quantidade de água potável ou própria para o consumo humano seja utilizada em processos industriais.

A colaboração entre a GE e o grupo Techint para o reúso de água ganha ainda mais importância em função do município não possuir uma rede coletora de esgoto.

Produzindo água purificada a partir de esgoto

A GE busca continuamente soluções que permitam otimizar os processos de tratamento de efluentes, contribuindo para a redução dos impactos ambientais, a melhoria da qualidade e o combate à escassez da água.

As tecnologias da GE tem sido usadas no tratamento de efluentes para reutilização, evitando o uso de água potável para tal finalidade.

Uma das tecnologias mais usadas é composta por um biorreator, acompanhado de uma membrana, que impede a passagem de partículas e microorganismos presentes nas águas residuais. Conhecido como biorreator por membrana (MBR) ZeeWeed da GE, este sistema de ultrafiltração por barreira física é empregado em redes de tratamento biológico de efluentes que produzem água para reutilização com até 99% de pureza.

No México, essa tecnologia auxiliou na redução do consumo de água da PepsiCo em 40%, atingindo o limiar de 60% em reaproveitamento de água. Atualmente, o sistema está sendo utilizado em quatro unidades de produção da PepsiCo.

3. Garantir a continuidade das operações por meio de soluções móveis de provisão de água

Atender de forma completa às necessidades da indústria em caso de demandas temporárias como emergências operacionais, faltas sazonais ou ocasionais de água e alterações imprevistas na qualidade da água consumida.

Na América Latina, a divisão Water da GE possui uma fábrica em Sorocaba, no estado de São Paulo. Na unidade são produzidos os contêineres onde são embarcadas as soluções de tratamento móvel da GE, assim como sua manutenção e gestão. Além dos equipamentos produzidos localmente, a empresa também conta com o suporte da sua unidade dos Estados Unidos para atender à demanda adicional no mercado interno.

Como atuamos

Contribuindo para a redução de consumo e custos com água

Em São José dos Campos, no interior de São Paulo, a GE contribuiu para a redução do consumo de água da empresa Monsanto, e, consequentemente, do custo com o recurso. Após estudos realizados por engenheiros de ambas as empresas, foi realizada a substituição do sistema de tratamento de água de reúso para torres de resfriamento para a linha GenGard, da GE, um tratamento químico do efluente que previne a corrosão e viabiliza o uso de fontes alternativas de água.

Com a solução, a Monsanto reduziu o consumo de água de reposição em 21.024 m³ e contabilizou um ganho de aproximadamente US$ 53,7 mil no ano de 2014.

Utilizando soluções ágeis para ampliar o uso industrial de água tratada

A GE e a Braskem, duas das empresas mais inovadoras do mundo, firmaram uma parceria que combina sustentabilidade e eficiência no manejo da água, um dos elementos mais importantes para a indústria de transformações petroquímicas.

Por meio do sistema de tratamento móvel, a GE possibilitou que a Braskem reduzisse o consumo de água nos processos industriais na unidade de Mauá, em São Paulo, a partir do maior uso de água tratada. Além da redução de custos, a principal vantagem deste serviço é que ele chega pronto para ser utilizado, sem a necessidade de obras de construção civil. Uma vez instalado, as unidades de tratamento fornecem água em condições ideais para a indústria imediatamente.

Com o sistema, a Braskem reduziu o uso de água potável em mais de 99 mil m³ por ano, e em 37% (ou 14.580 m³/ano) o descarte de águas residuais em um rio próximo à unidade, além de garantir que 2 horas do dia do operador pudessem ser investidas em atividades de maior geração de valor. No total, a empresa economizou mais de US$ 900 mil no ano de 2014.

4. Promover campanhas de engajamento e reconhecimento para incentivar nossos clientes a adotar práticas de gestão da água mais sustentáveis

Promover formas de reconhecimento que evidenciem as tecnologias e as práticas adotadas por nossos clientes para melhorar a produtividade de seus processos.

Como atuamos

PRÊMIO PROOF NOT PROMISES (PNP)

Em reconhecimento ao trabalho das equipes formadas pelos funcionários da GE em parceria com nossos clientes para o desenvolvimento de soluções que promovam maior economia e melhoria da produtividade, oferecemos o prêmio global Proof Not Promises.

PRÊMIO RETURN ON ENVIRONMENT (ROE)

O prêmio Return On Environment reconhece os projetos industriais que demonstram um impacto ambiental positivo pelo uso de tecnologias e soluções inovadoras. Foi introduzido em 1992 para provas documentadas de benefícios para o meio ambiente. Foi o precursor da plataforma Ecomagination.

PRÊMIO ECOMAGINATION LEADERSHIP

O prêmio Ecomagination Leadership reconhece clientes no mundo inteiro por reduzir o impacto ambiental e melhorar a produtividade de suas operações com o uso das nossas tecnologias. Trata-se da estrégia de crescimento da GE para aumentar a produtividade dos recursos e reduzir o impacto ambiental em escala global por meio de soluções comerciais para nossos clientes e através de operações próprias. Como parte desta estratégia, a GE está investindo em tecnologias limpas e inovações, desenvolvendo soluções que garantam crescimento econômico ao mesmo tempo que evitam emissões nocivas e reduzam o consumo de água. O foco deste prêmio é reconhecer a redução dos impactos ambientais e desenvolver parcerias estratégicas de forma a solucionar em larga escala os maiores desafios ambientais e criar um amanhã mais limpo, ágil e inteligente.

PRÊMIOS

Reconhecendo o investimento de clientes

A GE reconheceu recentemente dois clientes por iniciativas de eficiência e redução do consumo de recursos hídricos.

No Brasil. a Usina Boa Vista, parte do grupo sucroalcooleiro São Martinho, recebeu o prêmio Proof Not Promises pela redução do consumo de bagaço de cana-de-açúcar por meio do aumento do ciclo de concentração das caldeiras. Dessa forma, é possível gerar mais energia elétrica com menor necessidade de captação de água.

Com o projeto, a Boa Vista, localizada em Quirinópolis (GO), reduziu a captação de água em 14,9 mil metros cúbicos e economizou um total de R$ 270 mil. Além disso, reduziu o lançamento de 89,4 quilos de fosfatos nos efluentes e a utilização de insumos, como ácido clorídrico e soda nas regenerações dos leitos mistos.

Na Venezuela, a petroquímica Pequiven, no município de Tablazo, reduziu a reposição de água para alimentação de geradores utilizando o sistema tratamento e reúso da GE. Com o menor consumo, a empresa passou a economizar mais de US$ 231 mil por ano.

A GE Water na América Latina tem investido fortemente em novas tecnologias e estratégias que beneficiem a indústria com soluções digitais, e em abril de 2016 inauguramos o primeiro Centro de Monitoramento Digital da América Latina em Cotia, no Brasil.

O Centro conta com a plataforma InSight, responsável pelo monitoramento remoto do consumo e da qualidade da água das fábricas de nossos clientes. A InSight combina o levantamento de dados com softwares analíticos para ajudar a tomada de decisão dos profissionais responsáveis pela gestão da água nas plantas industriais, eliminando paradas não planejadas e reduzindo os custos operacionais. Cerca de 750 clientes da região já usam o atendimento e acesso 24 horas por dia a dados disponibilizados sobre a qualidade da água em painéis de controles facilmente acessíveis via dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Esse avanço digital possibilita a identificação, em tempo real e de forma contínua, de anomalias que possam impactar a operação, trazendo ganhos de confiabilidade, transparência e produtividade para nossos clientes.”
Eduardo Pavani
Regional Sales Executive - Latin America, GE Water & Process Technologies

Campos do Jordão é uma cidade turística localizada a 1.700 metros na Serra da Mantiqueira e que recebe 2 milhões de turistas por ano. Porém havia forte impacto tanto de odores como em relação à poluição dos rios por não haver tratamento dos esgotos. A Sabesp se comprometeu a tratar os esgotos até o final de 2013. Depois disso, passamos a ser considerados a Estação de Tratamento de Efluentes domésticos mais moderna do Brasil.

Dada a relevância do empreendimento e por se tratar de uma área de proteção ambiental, assumimos o compromisso de utilizar o que havia de melhor em tecnologia para que devolvêssemos ao rio um efluente totalmente limpo. Para isso, foi definido utilizar membranas filtrantes no tratamento terciário.

O sistema MBR permite devolver efluentes ao rio com turbidez menor que 1,0, livres de nitrogênio, fosfatos entre outros, de forma a permitir lançamento em mananciais classe I. Já é possível testemunhar melhorias significativas da qualidade dos rios e não há mais odores indesejáveis na cidade.”
Oto E. Pinto
Superintendente da Unidade de Negócio Vale do Paraíba, Sabesp

INICIATIVAS INTERNAS

ÁGUA

A GE procura melhorar o desempenho ambiental de suas fábricas com a utilização de tecnologias próprias. Na América Latina, o consumo de água é medido em três fábricas, sendo duas no Brasil, localizadas em Taubaté e Petrópolis, e uma em Monterrey, no México.

Entre 2011 e 2015, o consumo de água nestes sites, somados, passaram de 266.134 m³ para 127.990 m³, uma redução de 52%.

Consumo de água (m³)
Fábricas20112015
Monterrey, Mexico GE Lighting55.7660
Celma, Brazil GE Aviation110.00051.448
Taubaté, Brazil GE Renewables100.36876.542
TOTAL266.134-52%127.990

Obs.: O site Monterrey foi fechado no período de medição, mas ainda foi incluído na base de contagem de acordo com o Protocolo GHG.

INICIATIVAS INTERNAS

GE ECOAWARDS

O GE EcoAwards é uma parceria que, desde 2012, reconhece e premia iniciativas que tiveram um impacto positivo em sustentabilidade para a GE, com foco na identificação de oportunidades de redução de nosso consumo de energia, água e outros recursos naturais.

Em 2015, a unidade de Niterói da GE Oil & Gas foi reconhecida e premiada por apresentar projetos que resultaram em uma economia de 8.328 m³ de água, 27 toneladas de CO2, 318 mil kWh de energia elétrica, gerando um ganho de US$ 464 mil ao longo do ano.

Em um desses projetos, a GE Oil & Gas aprovou um novo fornecedor para o tratamento de rejeitos oleosos gerados no processo de desparafinagem. Pelo fato de o fornecedor já ter opção de reúso, esse projeto diminuiu os custos de eliminação para a GE, enquanto beneficiou o reúso e evitou o descarte de resíduos em aterro.

Outro projeto envolveu a otimização de coletores de resíduos e o número de eventos de entrega. Foram realizados projetos de água e eficiência energética adicionais, incluindo a implantação de tanques para recolhimento de águas pluviais, a instalação de luminárias eficientes e a identificação e conserto de vazamentos em todo o site.

redução de 8.328m³ de água

em 2015 na unidade Niterói da GE Oil & Gas

MÉTRICAS

ODEBRECHT AGROINDUSTRIAL – UNIDADE RIO CLARO

Projeto: Elevação no Ciclo de Concentração nas Águas das Caldeiras

Redução de 24.900 m³/ano na captação de água do Rio Claro.

R$ 47.760,00/ano de economia

NOVA FRONTEIRA BIOENERGIA – USINA BOA VISTA

Projeto: Aumento no Ciclo de Concentração nas Águas das Caldeiras

Redução de 14.900 m³ no consumo de água

US$ 270.000 de economia

MONSANTO

Projeto: tratamento químico Gengard em Torre de Resfriamento

Redução no consumo de água de reposição em 21.024 m³ (2014)

US$ 57,7 mil por ano de economia
(cotação do dólar média de 2014 considerada no cálculo: R$ 2,35)

8.328m³ de água economizada

SANASA

Projeto: uso de membranas de ultrafiltração GE ZeeWeed na Estação de produção de água de reúso Capivari II

99% de pureza em água de reúso

BRASKEM MAUÁ

Projeto: substituição de troca iônica para equipamentos móvel de Osmose Reversa

eliminação de 99.972m³/ano de consumo de água potável

redução de 14.580m³/ano de descarte de águas residuais

US$ 900.000 de economia

8.328m³

de água economizada